Eu, nas entrelinhas - O MELHOR DE MIM...



Não se engane com as minhas fragilidades. 
Tenho muitas, mas elas me fazem forte.
Em dias de solidão recolho-me, em mim, para manter-me firme e aguardar os dias de claridade, porque eles sempre chegam.
E é dessa forma que consigo prosseguir, cheia de levezas, repleta de gentilezas... semeando delicadezas.
Não me deixo esmorecer e, é quando estou mais vulnerável que o melhor de mim floresce, para que eu possa plenamente viver.

Malu Silva


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eu, nas entrelinhas - À FLOR DA PELE...

Eu, nas entrelinhas - ANÁLISE ÍNTIMA...