Eu, nas entrelinhas - À FLOR DA PELE...




Custa-me aceitar que a VIDA tem seus dias difíceis. Mais ainda que temos que ser fortes, sempre fortes para passar esses dias ásperos e, muitas vezes, sem perspectivas.
A todo instante nos dizem que devemos ser felizes, que essa tal felicidade está dentro de nós, mas quando o "nós" está tão desgastado, o que fazemos para conseguir ver essa alegria que deveria ser nata, mas não é?
A cada dia que passa aprendo que é vital não guardar mágoas, porém mais vital ainda manter o coração um tanto racional.
Faz tempo que meu coração não se derrete em ternuras, pois já foi machucado demais.
E creio que, no momento, essa situação seja irreversível!
Meu pavio tem andado bem curto, ultimamente!
Há que se silenciar, por vezes... esperar a LEVEZA voltar!

Malu Silva


Comentários

  1. não espero mais que a leveza chegue.Cansei.
    Sheila Souza

    ResponderExcluir
  2. Amigah aprendi a só amar após tantos sofrimentos nos últimos tempos,,sei bem !!Quanto aos dias difíceis estes são inevitáveis e ainda respingam em mim até hoje...eu sei e aprendi q nem sempre a alegria vem pela amanhã..triste não amigah?Quando nos falta algo de precioso a sua vida não tem como retornar e dizer ...vou tentar ser feliz!A minha alegria está detonada.....enfim..eu não espero mais nada de ningúem e nem do mundo!Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gosto quando você passa por aqui e deixa suas impressões...
Sempre que possível identifique-se para eu poder retornar!

Postagens mais visitadas deste blog

Eu, nas entrelinhas - O MELHOR DE MIM...

Eu, nas entrelinhas - ANÁLISE ÍNTIMA...